segunda-feira, 11 de junho de 2012

A Aletria da Matriarca!!!

A Aletria da Sra. minha Mãe e a melhor do Mundo, é uma receita que passou de geração em geração e a  Matriarca da fá-la como ninguém. A História conta que a receita é confeccionada com leite, mas a minha Mãe e a nossa Família sempre a confeccionou com água. Já provei das duas maneiras e confesso que prefiro a versão com água pois torna a aletria muito cremosa e leve. Por isso deixo-vos a nossa receita!!!



Ingredientes:
250gr de Aletria
250gr de Açúcar
750ml de Água
6 Gemas de Ovos
1 Colher de sopa de Manteiga
Casca de 1 Limão



Preparação:
Coloque um tacho ao lume com a água, o açúcar, a manteiga e a casca de limão, deixe ferver uns minutos e depois retire a casca de limão e junte a aletria e deixe cozinhar uns 10 minutos ou até verificar que a massa está cozinhada. Por fim retire do lume e junte rapidamente as gemas previamente batidas com 1 colher de água, leve de novo ao lume a ferver uns 2 a 3 minutos para cozinharem. Retire e verta para uma travessa, deixe arrefecer e decore com canela em pó ao gosto.



Maravilhosa esta Aletria, um manjar divino!!!

Sejam Felizes!!!

Cozinha dos Neves  

3 comentários:

  1. Confesso que nunca comi aletria... mas "morro" de vontade! Na minha família sempre houve a tradição do arroz doce, e era sempre o que se fazia. O meu arroz doce tem fama de ser o melhor do mundo (diz quem o prova).Aprendi a fazê-lo com a minha falecida sogra. Mas, vendo esta aletria divinal, vou com toda a certeza deitar mãos à obra, para ver se fica tão boa como a vossa. Obrigada por partilharem connosco estas receitas fantásticas de família. Um gde beijinho
    Lita

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lita, tenho a certeza que vai ficar tão Maravilhosa como a nossa!!! Mas Depois por favor diga-me como ficou!!! Beijinhos Grandes!!!

      Eliminar
  2. Minha querida a tua aletria tem um óptimo aspecto! Adoro aletria, principalmente a da minha mãe. Já tentei fazer uma vez e digamos que não correu lá muito bem, acho que se atirasse ao tecto colava de certeza. Vou experimentar a vossa receita e logo digo como correu. Beijoquinhas repenicadas.

    ResponderEliminar