segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

A minha Sapateira Recheada

Existem muitas versões e muitas formas de confeccionar uma sapateira, nos anos em que vivi no Algarve tive o privilégio de privar com alguns nativos que me ensinaram muitas dicas desde a cozedura até à sua preparação, esta é a minha versão criada de tudo o que vi e aprendi. Para os mais sensíveis aconselho sempre a compra da sapateira já cozida, para quem gosta de realizar todo o processo vou deixar algumas dicas.
A Sapateira deve ser fêmea (tem a capa de protecção redonda e mais escura), quando levantam a capa de protecção, vão encontrar dois "olhinhos" estes devem estas com o fole para fora, assim vão saber que a sapateira está cheia, o peso também pode ajudar mas este nem sempre reflecte o sucesso da compra. Para cozer devem matar a sapateira primeiro, pois a colocarem viva directamente na panela com água a ferver, ela auto-destrói-se (a sua carne vai estar como papa, desfeita), por isso a dica que me foi ensinada por um pescador na Quarteira é verter (repetidamente) vinagre na boca da sapateira, desta forma ela morre lentamente e não se destrói, só depois de morta deve colocar dentro da panela com água fervente temperada com sal e malagueta seca. Uma sapateira entre 700gr e 1kg deve cozer durante 15 minutos. Outra dica é que deve deixar arrefecer a sapateira dentro do caldo da sua cozedura.


Ingredientes:
1 Sapateira de 700gr
2 Chalotas ou 1 cebola roxa
2 Dentes de alho
1 Malagueta Fresca
2 Ovos cozidos
Qb de Pepinos em Pickles
Qb de Maionese
1 Cálice de whisky
QB Salsa


Preparação:
Abra a sapateira, retire todo o seu interior, pique toda a ova e limpe a carcaça retirando toda a sua carne e juntando-a às ovas, deixe apenas as patas inteiras.
Pique as chalotas finamente, assim como os alhos, a malagueta, 1 ovo e os pepinos, junte ao recheio da sapateira, regue com o whisky e envolva maionese de forma a obter um creme espesso mas delicado. Recheie a carcaça da sapateira com este creme e decore com o restante ovo cozido picado e salsa picada.
Coloque num prato em conjunto com as patas da sapateira, não se esqueça do pão torrado com manteiga e de umas belas e frescas cervejas.


Que delícia!!! Uma festa de sabores, cores e aromas!!!

Sejam Felizes!!!

Cozinha dos Neves

Sem comentários:

Enviar um comentário