segunda-feira, 31 de outubro de 2011

O meu Arroz de Cogumelos

Esta é uma receita simples da qual faço uma refeição mas que pode ser o acompanhamento de uma bela carne grelhada, um arroz facílimo de confeccionar e extremamente saboroso de degustar.

Ingredientes:
2 Canecas de arroz
4 Canecas de água
3 Dentes de alho
1 Malagueta
500grs de Cogumelos ao gosto (uso os champignon e os portobello)
1 Ramo pequeno de salsa
Azeite
1 Colher de sopa de Manteiga
Sal

Preparação:
Leve um tacho ao lume com um pouco de azeite e a manteiga, junte o alho e deixe estalar um pouco, acrescente o arroz e frite-o, sempre a mexer até que comece a dourar, quando estiver dourado acrescente a água, tempere com sal e deixe cozer, secando na totalidade.
Numa frigideira coloque uma boa quantidade de azeite, os restantes alhos picados e a malagueta deixe estalar um pouco e acrescente os cogumelos laminados e picados e tempere com sal, estes primeiro vão libertar toda a sua água e depois vão reduzir o seu tamanho e vão dourar conforme o seu gosta, quanto ao paladar garanto que vão estar deliciosos. quando prontos junte ao arroz seco e leve novamente ao lume mais 1 a 2 minutos, por fim junte a salsa grosseiramente picada. Está pronto a degustar.


Delicioso e perfeito arroz, combinação perfeita de sabores e cores!!!

Cozinha dos Neves

domingo, 30 de outubro de 2011

O Frango Estufado em Vinho do Porto e com Ervilhas à moda da Avó Evangelina

Esta é uma receita de Família, deliciosamente perfeita na sua combinação, ideal para almoço de Domingo. Era um dos pratos preferidos, assim  como uma especialidade da minha Avó Materna, que saudades tenho da minha Avó Evangelina. Receita que acompanha a minha Doce Mãe e a qual já está na minha posse, partilhando hoje convosco esta Preciosidade Familiar.

 Ingredientes:
1 Frango do Campo (ou caseiro)
500gr a 750grs de Ervilhas
2 Cebolas grandes
6 Dentes de alho
1 Malagueta fresca
1 Ramo de salsa fresca
2 Folhas de Louro
1 Colher de sopa de Pimentão-doce
1 Garrafa de Vinho do Porto branco
Azeite
Sal
Preparação:
Leve um tacho que permita cozinhar todo o frango e ervilhas ao lume,  coloque a cebola picada a estalar no azeite, acrescente a malagueta e os alhos picados, junte o pimentão-doce o louro e meia garrafa de Vinho do Porto, acrescente o frango partido aos pedaços e a salsa grosseiramente picada. Deixe cozinhar, acrescentando conforme necessário mais vinho, coloque as ervilhas quando verificar que o frango está practicamente pronto pois estas não demoram nada a cozer. Tape o tacho e deixe repousar. Para acompanhar faça um arroz com molho do frango, ou seja quando estiver a acrescentar água à cozedura do arroz substitua uma parte da água por molho do frango, vai ver a maravilha de arroz que vai servir, delicioso acompanhamento.


Uma Maravilha gastronómica, a qual foi um dos pratos presentes no Casamento dos meus Pais, uma perfeição de sabores de um requinte delicioso e a uma combinação perfeita.
Sejam Felizes!!!

Cozinha dos Neves

sábado, 29 de outubro de 2011

Os meus Muffins de Mirtilos Surpresa


Surpreendentes, estes Muffins são algo indescritíveis, tenha alguma receitas para este fruto, mas este é sem dúvida aquela que nos apega que nos deixa sem palavras para descrever todos os sabores conduzindo-nos por um a um sem que percamos o seu todo. São verdadeiramente divinos.

Ingredientes:
125grs de Mirtilos
225grs de Farinha
115grs de Açúcar
200ml de Natas
2 Ovos
3 Colheres de sopa de manteiga
1 Pitada de sal
1 Colher se chá de pimenta da Jamaica
1 Colher de sopa de essência de baunilha
1 Colher de sopa de fermento em pó
Raspa de 1 limão
Preparação:
Bata 7 colheres de sopa de açúcar (retiradas das 115grs) com a manteiga, junte os ovos e envolva muito bem, acrescente as natas, a baunilha, a raspa do limão, uma pitada de sal e pouco a pouco a farinha misturada com o fermento em pó e com metade da pimenta da Jamaica, envolva todos os ingredientes, por fim junte delicadamente os mirtilos ao preparado. Com a ajuda de duas colheres encha as formas dos muffins, esta massa dá para fazer 12 muffins, quando as formas estiverem cheias polvilhe a massa com o restante açúcar previamente misturado  com a restante pimenta. 
Leve ao forno pré-aquecido a 180º durante 12 minutos, é necessário ter algum cuidado para não queimarem.
 Feche os olhos e deixe-se envolver num universo de divinos sabores, repletos de energia, de recheados de entusiasmo!!!
São verdadeiramente Surpreendentes estes Muffins!!!

Cozinha dos Neves

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

A minha Empada de Atum

Sou grande fã de Quiches, Empadas, Tortilhas, existem receitas extremamente saudáveis, as quais podem ser adaptadas a qualquer hora do nosso dia. Esta é uma receita inventada por mim numa ida à horta da quinta, que muitas vezes é a minha fonte de inspiração. Simples, rica em legumes e com muito pouco teor de gordura, uma receita saudável.

 Ingredientes
1 Cenoura grande cortada ás meias luas finas
1 Alho francês Grande cortado ás rodelas
3 Talos de aipo tenros finamente cortados
1 Cebola picada
2 Dentes de alho
100gr de Espinafres
1 Ramo de Salsa grosseiramente picada
1 Ovo
100ml de Leite
1 Colher de sopa de Farinha Maizena diluída no leite
1 e 1/4 Placas de massa folhada de compra (usei rectangular, mas pode usar redonda optando pela forma de tarte, aí irá precisar de 2 placas) 
2 Latas de atum ao natural
1/2 Lata de Tomate pelado
Sal 
Pimenta Preta
Azeite

Preparação:
Coloque ao lume um tacho com o azeite, junte a cebola e deixe estalar um pouco, acrescente o alho, o tomate e os legumes e a salsa deixe reduzir o volume dos mesmos, junte o atum previamente escorrido e envolva tudo muito bem, tempere com sal e pimenta preta moída na hora. Acrescente o ovo, e o leite e envolva todos os ingredientes e deixe cozinhar 2 minutos, pode se gostar acrescentar um pouco de queijo mozzarella, é opcional.
Unte uma forma de bolo inglês com manteiga e forre com 1 placa de massa folhada, verta para dentro desta o reparado de legumes e acomode, por cima coloque uma tira de massa folhada, que é mais ou menos 1/4 de uma placa e feche com o excesso massa. 
Leve ao forno pré aquecido a 180º por mais ou menos 25 minutos, é o tempo da massa assar, tenha em atenção que poderá necessitar de cobrir durante algum tempo a mesma para não queimar.
Retira do forno deixe repousar alguns minutos, pode servir quente ou fria.


Que divina é esta empada, Deliciosamente mágica, repleta de cores e pequenas descobertas.
Maravilha!!!

Cozinha dos Neves

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

As minhas conservas de Malaguetas

Um pouco de picante nas receitas torna-as especiais, mesmo para quem não é apreciador existem certas confecções que sem este ingrediente maravilhoso perdem a sua essência, como são fáceis de encontrar assim como de plantar e ter-mos em casa deixo-vos hoje duas receitas preciosas para usar, nos grelhados, nos assados, nos estufados, sim para usarem em tudo.

Conserva de malagueta em Azeite:
 Ingredientes:
QB de Malaguetas
1 Ramo de Tomilho fresco
QB de Pimenta Rosa
6 Dentes de alho
Azeite
Preparação:
Preencha o frasco com as malaguetas, junte o tomilho ripado das hastes mais grossas, o alho esmagado, e alguns grãos de pimenta rosa, por fim encha o frasco com o azeite até cobrir todos os ingredientes, feche bem o frasco agite um pouco o frasco de forma a envolver todos os ingredientes, rectifique se tem necessidade de acrescentar mais um pouco de Azeite e reserve.

Conserva de Malagueta em Whisky e Azeite

Ingredientes:
QB de Malaguetas
1 Ramo de Orégãos frescos
QB de Pimenta Rosa
6 Dentes de alho
Azeite
Whisky
Preparação:
Preencha o frasco com as malaguetas, junte os orégãos ripados das hastes mais grossas, o alho esmagado, e alguns grãos de pimenta rosa, por fim encha o frasco até meio com whisky e preencha a outra metade com azeite até cobrir todos os ingredientes, feche bem o frasco agite um pouco o frasco de forma a envolver todos os ingredientes, rectifique se tem necessidade de acrescentar mais um pouco de Azeite e reserve.

São duas conservas que tem de repousar no mínimo 3 meses, vai notar que a cor do liquido vai mudar, ficando avermelhada, é sinal que a conserva está a ficar pronta para ser utilizada. Quanto mais tempo estiver em repouso, mais apurada estará.
Dica: Experimentem no tempero de Azeitonas, Maravilha

Uma delícia, uma maravilha nos temperas cá de casa!!!

Cozinha dos Neves

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

As minhas Bolachinhas de Manteiga

São pequenos pecados, deliciosas e tão difíceis de resistir, Esta é uma combinação do melhor de várias receitas que pesquisei e analisei. São simplesmente divinas, crocantes, delicadas, maravilhosas bolachas, de sabor irresistível. 

Ingredientes:
250gr de Açúcar
250gr de Manteiga à temperatura ambiente
525gr de Farinha
1 Ovo
1 Limão - Raspa
1 Colher de sopa de essência de baunilha

Preparação:
Envolva muito bem o açúcar com a manteiga, junte a baunilha e a raspa do limão e envolva novamente, por fim acrescente a farinha e o ovo e com as mãos amasse bem todos os ingredientes, quando vir que a massa já está homogénea, forme uma bola com a mesma e reserve pelo menos 1 hora no frio.
Prepare uma superfície lisa para trabalhar a massa e polvilhe a mesma com farinha e estenda a massa, eu optei por estender metade de cada vez, pode fazê-las mais finas um mais grossas eu fiquei pelo intermédio deixei a massa com a espessura de mais ou menos meio centímetro, corte a massa com as formas que preferir. Polvilhe os tabuleiros com farinha ou se preferir para não ter de sacudir cada bolacha do excesso de farinha, forre os tabuleiros com papel vegetal e disponha as bolachas pelos tabuleiros. Leve ao forno pré-aquecido a 170º durante 7 a 8 minutos, tenha em atenção que por serem muito delicadas facilmente se queimam por isso deve acompanhar o processo de cozedura. Acompanhe com um belo Vinho do Porto, ou um doce Chocolate.


Para uma tarde de chuva bolachinhas de manteiga e um chocolate quente, que reconforto, que aconchego nesta brusca mudança de temperatura!!! Uma maravilha.

Cozinha dos Neves

terça-feira, 25 de outubro de 2011

O meu Bacalhau com Broa

Esta é uma receita que preenche a nossa alma e aconchega o nosso coração, dois ingredientes que a grande maioria de nós adora, a Broa e o Bacalhau, juntos numa receita maravilhosa. Esta é mais uma das muitas maneiras de apresentar o bacalhau com broa, para mim esta repleta de aromas e sabores, levando-nos à partilha de pequenas descobertas...


Ingredientes:
5 Postas de Bacalhau do Lombo
1,250kg de Batatas
1 Broa
2 Cebolas
6 Dentes de Alho
1 Ramo de Salsa
QB de Gengibre fresco
QB Salva fresco
QB Tomilho fresco
1 Malagueta
QB Pimentão-Doce
1 Copo de Vinho Branco
1 Copo de Vinho do Porto
Sal
Azeite

Preparação:
Descasque as batatas e corte-as da forma que mais lhe apraz e reserve-as dentro de água. Limpe o bacalhau, escame-o e reserve também. Retire toda a côdea à broa e esfarele a mesma para uma taça, a esta junte salsa picada, 3 dentes de alho picados, um pouco de tomilho fresco e bacon finamente picado, envolva muito bem e acrescente o azeite suficiente para unir todos os ingredientes, reserve o preparado.
No tabuleiro de ir ao forno coloque a cebola cortada ás rodelas, o restante alho e salsa ambos picados, a salva o gengibre também picado e o tomilho, regue com azeite abundante, disponha agora as postas de bacalhau, as côdeas da broa partidas aos pedaços e as batatas. Por cima do Bacalhau coloque o preparado da broa, pressione bastante para que este não se separe do bacalhau. Polvilhe as batatas com um pouco de pimentão-doce e sal. Regue com azeite e com os vinhos e leve ao forno pré-aquecido a 180º durante +- 1h15m, tenha em atenção para não queimar a broa. Deixe repousar 2 ou 3 minutos antes de servir.


A vida é maravilhosa e devemos aproveitar todos os momentos que esta nos proporciona vivendo-os intensamente!!!
Que degustação Preciosa!!!
Sejam Felizes!!!

Cozinha dos Neves

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

O Meu Crumble de Frutos Brancos

Sou fã incondicional da gastronomia internacional, pesquiso constantemente novas receitas, novas versões e adapto-as à nossa gastronomia introduzindo ingredientes da nossa cozinha. O crumble é uma " tarte" de fruta que surge na Inglaterra durante a Segunda Guerra Mundial, devido ao racionamento de alimentos e à escassez dos ingredientes que habitualmente fazem parte de uma tarte. Esta é a minha versão e apenas vos posso dizer que é deliciosa, é uma receita repleta de magia.


Ingredientes para a base de fruta:
3 Maçãs
1 Banana
2 Pêras
75gr de Nozes
75gr de Uvas passas
2 Colheres de sopa de manteiga
3 Colheres de sopa de açúcar demerara
1 Colher de sopa de açúcar branco
1 Colher de sobremesa de canela em pó
1 Copo de vinho do Porto 

Ingredientes para a Cobertura:
150gr de Farinha
100gr de flocos de Aveia
50gr de uvas passas
120gr de manteiga à temperatura ambiente
150gr de açúcar demerara
1 Colher de sobremesa de canela em pó

Preparação da base:
Descasque a fruta e corte em cubos, esprema 1 limão sobre esta para não oxidar. Coloque um tacho ao lume com o açúcar e a manteiga, vá mexendo sempre até verificar que o açúcar já está derretido e começa a caramelizar, junte o vinho do porto e mexa bem, acrescente a fruta, as nozes, as passas e a canela, envolva muito bem e deixe cozinhar durante +- 7 minutos, deve mexer bastas vezes para não pegar. quanto pronto reserve um pouco enquanto prepara a cobertura.

Preparação da cobertura:
Esta pode ser feita num processador, mas eu acho que é maravilhoso usarmos as mãos e se tivermos tempo faz toda a diferença. Numa taça coloque a farinha, a aveia, o açúcar, as passas e a canela misture-os bem e por fim acrescente a manteiga, com os dedos vá juntando os ingredientes com a manteiga até obter uma textura de areia molhada.
Preparação do Crumble:
Unte uma tarteira com manteiga e verta a base para dentro desta, se gostar muito de canela polvilhe a base com esta especiaria, por cima espalhe delicadamente a cobertura, precione um pouco e coloque dentro de um tabuleiro forrado com papel alumínio, pois como tem algum líquido pode verter. Leve ao forno pré-aquecido a 180º durante 20minutos. Devera verificar se a cozedura para o crumble não queimar e se vir que este já esta dourado deve cobrir com papel alumínio até quase ao fim da cozedura. Sirva simples povilhado com canela, com natas ou com uma bola de gelado.


Indescritível, pura e deliciosa magia, uma dádiva e  uma tentação para a degustação!!!
Maravilhoso!!!

Cozinha dos Neves

domingo, 23 de outubro de 2011

A minha Bola de Carne

Sou fã e delicio-me com o antigo, o tradicional, com a sua magia de sabores, com a sua longa elaboração e com os deliciosos resultados finais. A cozinha tradicional para mim é uma inspiração, apenas e só introduzo pequenas alterações no sabor com produtos que actualmente estão ao nosso dispor.

Ingredientes:
1 Frango pequeno
150gr de Bacon fatiado
150gr de fiambre
400gr de mozzarella ralada
1kg de massa de pão (que comprei na padaria, mas podia ter feito em casa)
100gr de Azeitonas descaroçadas
Ervas aromáticas, oregão, tomilho
1 Lata de tomate pelado´
1/2 Copo de vinho branco  
2 Dentes de alho
1 Cebola
1 Malagueta
Manjericão Fresco
Azeite

Preparação:
Coza o frango inteiro em água e sal, assim que esteja cozido desfie toda a carne do mesmo e reserve.
Prepare um refogado com a cebola picada a estalar no azeite, acrescente o alho, a malagueta, o tomate, o
manjericão fresco e o vinho branco, deixe apurar um pouco, por fim junte o frango e deixe cozinhar por 5 minutos para reduzir um pouco os líquidos.
Estenda a massa que já levedou em duas partes, forre o fundo de um tabuleiro untado com azeite com uma parte da massa e disponha o frango, cubra  o mesmo com metade da mozzarela e com as azeitonas, por cima coloque o bacon depois o fiambre cubra com a restante mozzarella e espalhe as ervas aromáticas por cima do queijo. Pegue na restante massa e tape o recheio, feche toda a massa enrolando todas as partes da bola, pincele toda a bola com azeite.
Leve ao forno pré-aquecido a 250º durante 10 minutos, ou assim que a bola esteja dourada, reduza a temperatura para 180º cobrindo a bola com papel alumínio para esta não queimar. Deverá demorar mais 15 minutos a ficar pronta, é só verificar com a ajuda de um palito. 
Assim que esteja pronta deixe repousar uns minutos antes de servir.  


Que pequeno e delicioso paraíso, fechamos os olhos e degustamos cada pedaço repleto de diferentes sabores, descobrindo em cada momento um novo sabor.
Que Maravilha!!!

Cozinha dos Neves

sábado, 22 de outubro de 2011

Coelho Estufado á Nossa Moda

Na quinta dos Neves, criamos coelhos, bem são muito mesmo muito saborosos, tenho algumas receitas mágicas, hoje partilho a receita do coelho estufado em salmoura de 1 dia. Uma verdadeira maravilha gastronómica.



Ingredientes para a salmoura:
1 Coelho
6 Dentes de Alho
1 Malagueta
1 Ramo de salsa
3 Folhas de Louro
QB de Tomilho Fresco
1 Colher de sopa de Pimentão Doce
Sal
1 Garrafa de Vinho Branco, pode em opção usar Vinho Tinto (a carne ficará mais escura) 

Ingredientes para o estufado:
1 Cebola grande
1 Dente de Alho
O líquido da salmoura
1 Colher de sopa de banha de porco
Azeite (uma boa quantidade)

Preparação:
Corte o coelho aos pedaços, e coloque-o numa taça, junte todos os ingredientes da salmoura e reserve num local fresco de um dia para o outro.
Coloque um tacho ao lume com o azeite e a banha, pique a cebola e leve-a a estalar, junte o alho picado deixe refogar um pouco, acrescente um pouco do líquido da salmoura e deixe ferver. Quando estiver a ferver coloque o coelho e o restante líquido, deixe ferver novamente e rectifique os temperos. Tape e deixe cozinhar em lume brando. O tempo de cozedura depende da carne, por isso deve verificar se está cozido picando a mesma com um garfo (o tempo varia entre os 45minutos e a 1h15m). Deve também ter em conta que se o líquido reduzir muito deve acrescentar mais vinho ou água, como preferir. Acompanha com arroz branco.


Uma refeição divina, repleta de sabor, recheada de amor. Uma tentação deliciosa que reconforta o mais ceptico!!! Delicioso!!!

Cozinha dos Neves

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Doce de Limoncello e Framboesas

Existem Licores Divinos, que combinados com alguns ingredientes tornam receitas normais em receitas extraordinárias. O Limoncello para além de um maravilhoso digestivo é também fantástico combinado com ingredientes frescos, pura magia numa degustação estupenda.


Ingredientes:
500grs de Queijo Mascarpone
250grs de Framboesas
200grs de Palitos/biscoitos de espumante
50ml de Leite
6 Colheres de sopa de açúcar em pó
1 Colher de sopa de essência de baunilha
1 Laranja raspa e sumo
1 Cálice de limoncello

Preparação:
Parta os biscoitos aos pedaços e junte o sumo da laranja e o limoncello, reserve.
Numa taça envolva delicadamente o queijo com o leite, quando tiver obtido um creme homogéneo acrescente a baunilha a raspa da laranja e 3 colheres de açúcar em pó, envolva novamente e junte os palitos previamente envolvidos no sumo e no limoncello e reserve.
Esmague as Framboesas com o restante açúcar em pó e reserve.
Numa taça de servir disponha por camadas o doce começando pelo preparado do queijo e bolacha e depois as framboesas, repita o processo concluindo com as framboesas. Reserve no frio até á hora de servir.

Deliocoso, fresco, repleto de sabores, recheado de cores. Simplesmente divino.

Cozinha dos Neves

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Orelha de Porco á nossa moda

Que petisco maravilhoso, que pequena maravilha da nossa gastronomia, cá em casa os petiscos são sempre uma constante em partilhas e degustações, é um momento de confraternização em que as conversas se perdem em temas diversificados. Uma vivência maravilhosa entre aromas e paladares divinos.

Ingredientes:
3 Orelhas de porco sem parte gorda
1 Cebola grande
4 Dentes de alho
1 Malagueta
1 Ramo de Salsa
Tomilho Fresco
2 Folha de louro
1 Colher de sopa de pimentão-doce
1 Copo de Vinho Branco
1 Copo de vinho do Porto
1 Copo de água
Sal
Azeite

Preparação:
Coza as orelhas em água abundante com sal por +- 25 minutos, deve ter em atenção que as estas não devem cozer demasiado, devem estar ligeiramente duras pois ainda vão ser estufadas. Assim que estejam prontas, escorra-as e corte as aorelhas em pedacinhos pequenos.
Pique a cebola e leve a estalar no azeite, acrescente o alho picado, a malagueta e deixe estalar mais um pouco. Acrescente a orelha aos pedaços o pimentão-doce metade da salsa, o louro, o tomilho e os líquidos, tempere com sal e deixe estufar até reduzir os molho, tendo sempre em atenção não queimar se sentir necessidade acrescente um pouco de água. Decore com a restante salsa grosseiramente picada. Está pronto a servir.


Delicie-se com esta maravilha em que o pão e um bom vinho tinto fazem a companhia perfeita!!!

Cozinha dos Neves